N. 99/2020

Tipo de projeto e valor máximo de financiamento

Projeto integrado (máximo 50.000 Euros)

Eixos de intervenção em que se enquadra o projeto

Financiamento

Valor solicitado

49.400,00 €

Valor de outros financiamentos

4.200,00 €

Valor total

53.600,00 €
Mapa de localização da candidatura

Mapa das candidaturas financiadas


Registos

SEIXO, Comunidade FIS - Feliz, Inclusiva e Saudável

SEIXO, Comunidade FIS - Feliz, Inclusiva e Saudável é um projeto integrado de desenvolvimento local e capacitação da comunidade ao nível da promoção da qualidade de vida e da saúde, através de ações a desenvolver de forma colaborativa, participada e inovadora, na área social, da saúde, ambiental e económica. Parte dos 1234 habitantes serão envolvidos e beneficiários das atividades a desenvolver no projeto, em torno da Casa Comunitária – a concretizar (pequeno investimento), com o Centro de Memórias e Encontros Intergeracionais, o Serviço de Apoio ao Imigrante ou a promoção de estilos de vida saudáveis. Para além disso, o projecto aposta em temas como a prevenção da Covid-19, a campanha “Vacinas salvam vidas”, inclui Formação profissional Certificada e ainda a criação de uma rede solidária de vizinhança e mobilização dos idosos para iniciativas em comunidade, com vista a combater o isolamento e aprender com o seu saber-fazer.

Objetivos

Objetivo geral e justificação

O objetivo geral é o de capacitar a comunidade para a melhoria das condições socioeconómicas, de saúde, da inclusão social e da qualidade de vida dos seus habitantes, através de ações integradas a desenvolver de forma colaborativa, participada e inovadora nas áreas social, saúde, ambiental e económica. Responde a problemas identificados, tais como: elevado número de idosos em situação de exclusão social e isolamento; aumento exponencial de famílias migrantes (mais de 10% da população residente); baixas qualificações dos ativos; elevado número de moradores com rendimentos muito baixos; elevada prevalência de Covid-19 na população e percentagem elevada de população de risco, devido ao alto índice de envelhecimento. Outros problemas identificados são: taxa de vacinação abaixo do indicador de 95% e ainda, a falta de instalações para a realização de atividades colaborativas pela e para a comunidade. O projeto contribuirá para afirmar o Seixo como um exemplo de desenvolvimento local.

Objetivo específico 1 e justificação

Criação e dinamização da Casa Comunitária - Centro de Memórias e Encontros Intergeracionais – a criar na Casa gandaresa recentemente adquirida, integralmente com receitas da comunidade, e que está sem uso por não reunir as condições físicas e de trabalho. Pelas suas características identitárias de vivência comunitária e saudável (a casa gandaresa era, há décadas, um espaço de habitação e de economia familiar, ancorado na vida saudável e comunitária) será a âncora de todo o projeto, transformando-a num equipamento onde a comunidade poderá desenvolver projetos colaborativos e inovadores com condições para o desenvolvimento das ações de intervenção social, cultural ambiental, de saúde e inclusão social, previstas no projeto. Após o projeto, continuará a ser o espaço de encontro da comunidade e das dinâmicas regulares de socialização e partilha, nomeadamente de caráter intergeracional, que estimulem a participação e a cidadania ativa e reduzam a exclusão social.

Objetivo específico 2 e justificação

Apoio ao imigrante através da criação de um Serviço de Apoio - a funcionar dois dias por semana na Casa Comunitária, com a ajuda e encaminhamento técnico a contratar, assim como de voluntários, que, articulando com as entidades regionais e nacionais, servirá de suporte e encaminhamento para a regularização documental e, a nível local, para o arrendamento de casas, procura de emprego digno e com boas condições de trabalho, para a colocação dos filhos nos sistemas de ensino e para a integração nas diversas atividades sociais, lúdicas e comunitárias. Responderá aos cerca de 150 migrantes, mais de 10% da população residente, visto ser a Freguesia onde se localiza a Z. Industrial de Mira e, mesmo no Seixo, uma unidade fabril emprega várias dezenas de imigrantes (brasileiros, nepaleses e moldavos) a viver e a trabalhar na comunidade mas, sem qualquer integração social e com manifestas dificuldades em se legalizarem no país

Objetivo específico 3 e justificação

Promoção da integração de cidadãos e realização de cursos de formação profissional certificados no setor primário, português para estrangeiros e literacia digital. Parte significativa dos empregos disponíveis exigem certificados obrigatórios para o exercício da atividade profissional, na utilização e movimentação de máquinas agrícolas e industriais, que os ativos não têm (e por isso não conseguem empregos mais qualificados) e, associadamente, muitos dos idosos complementam a sua baixa reforma com agricultura de subsistência e pequenas explorações florestais, não possuindo também as certificações legais exigidas. Para isso, prevê-se a realização de cursos de formação certificados em COTS- Conduzir e Operar o Trator em Segurança; Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos; Segurança, Saúde e Higiene no trabalho; Português para Estrangeiros e Literacia Digital.

Objetivo específico 4 e justificação

Promoção da saúde, em Parceria com o Centro de Saúde de Mira, ao nível da sensibilização para o cumprimento continuado das orientações da DGS no âmbito da Covid 19 e da vacinação obrigatória. Também haverá uma maior sensibilização para a adoção de estilos de vida saudáveis, designadamente através das seguintes ações que respondem aos problemas da comunidade no domínio da saúde: 1.º -Incentivo ao exercício físico e à alimentação saudável; 2.º - Sensibilização dos benefícios do cumprimento do plano nacional de vacinação; 3.º - Informação sobre as boas práticas de prevenção da Covid 19.

Objetivo específico 5 e justificação

Apoiar os mais desfavorecidos através da dinamização de uma rede solidária de vizinhança e centro de partilha, constituindo um grupo de cidadãos voluntários articulados com o grupo sócio caritativo, que sinalizam e encaminham ou dão diretamente respostas aos mais desfavorecidos nas necessidades mais imediatas e relevantes, seja ao nível da alimentação, roupas, equipamentos domésticos ou condições de saúde. Esta rede solidária intervirá também ao nível do apoio psicossocial de estar, acompanhar, falar e visitar os que se encontram em isolamento social (sobretudo idosos) e dão suporte a quem necessita de apoio externo por isolamento profilático. Realizar ações de educação ambiental para a adoção de comportamentos ambientais adequados, sobretudo no eixo da economia circular, da reciclagem e da valorização dos Biorrresíduos

Parceria local

Promotora

Associação Cultural e Recreativa do Seixo de Mira

Parceira

CERCIMIRA, CRL
Centro Social Paroquial de Seixo de Mira
Junta de Freguesia do Seixo
Municipio de Mira
CEARTE - Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património
Grupo Sóciocaritativo do Seixo de Mira
Agrupamento 731 Seixo-Mira, Corpo nacional de Escutas
Unidade de Cuidados de Saude Primários de Mira

Território(s) de intervenção

1. Freguesia do Seixo - Lugares de Seixo, Cabeças Verdes e Marco Soalheiro

Seixo, Mira
Critério 1. Condições de habitabilidade deficientes ou precárias, nomeadamente:
Mau estado das habitações, por deficiente construção, falta de manutenção ou por estarem situadas em territórios afetados por incêndios nos últimos cinco anos
Critério 2. Número significativo de moradores com rendimentos baixos ou muito baixos, nomeadamente:
Pessoas em situação de desemprego, lay-off ou precariedade laboral
Pessoas com poucos anos de escolaridade
Pessoas indocumentadas, requerentes de asilo, refugiados, apátridas ou em condições semelhantes
Critério 3. COVID-19
Número significativo de pessoas de risco em caso de COVID-19, nomeadamente idosos e portadores de doenças crónicas
Critério 4. Número significativo de pessoas com constrangimentos de acesso a cuidados de saúde, nomeadamente por:
Falta de condições de mobilidade e transporte
Falta de documentação ou barreira linguística
Falta de capacidade económica para aquisição de medicamentos
Critério 5. Programa Nacional de Vacinação
Taxa de cobertura vacinal do Programa Nacional de Vacinação, atualizado para a idade, inferior a 95 %
Critério 7. Exclusão social
Número significativo de pessoas em situação de exclusão social, isolamento ou abandono, nomeadamente idosos, pessoas em situação de sem abrigo ou vítimas de tráfico

Atividades

1. Criação da Casa Comunitária

Realização de pequenas obras de beneficiação de parte da casa gandaresa (recentemente adquirida pela comunidade por ser um equipamento de vivência comunitária e saudável ímpar e que está ainda sem uso por não ter condições) para a Criação da Casa Comunitária – que será a âncora de todo o projeto e o equipamento onde a comunidade desenvolverá projetos colaborativos e inovadores nas áreas cultural, ambiental, de saúde e inclusão social, previstas no projeto - (beneficiação dos pisos interiores e exteriores, caixilharia, pinturas e instalação elétrica/comunicações, num orçamento de 12.500 euros)
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

2. Dinamização do Centro de Memórias e Encontros Intergeracionais

Ativar este espaço vivo na Casa Comunitária, que contará com uma pequena biblioteca e videoteca sobre a história, os usos e costumes da comunidade e servirá ainda como um espaço privilegiado para os idosos partilharem as suas vivências com os mais novos (encontros Intergeracionais) – Aquisição de equipamentos, estantes, mesas, meios audiovisuais - 3000 euros.
Destinatários preferenciais
Crianças, Jovens, Idosos

3. Comer Saudável

Realização de oficinas de cozinha tradicional e de cozinha saudável, potenciando os produtos agrícolas da época, animados por cozinheiros com ligação à terra ou por pessoas da comunidade que partilhem o seu saber-fazer. Será feita uma recolha dos saberes, receitas, e produtos endógenos, bem como produção de quatro produtos finais (Doce de Frutas, Folar da Páscoa, Broinhas de Natal e Pão), cujas receitas reverterão integralmente para aquisição de produtos alimentares a distribuir pelas famílias mais carenciadas. (Edição Brochura\Alimentação Saudável (500€)+Aq de loiças e utensilios (4000€)
Destinatários preferenciais
Jovens, Idosos, Adultos (população em idade ativa), Migrantes, Pessoas com deficiência

4. Centro de Partilha – reutilização de roupas, mobiliário, brinquedos e partilha de alimentos

Recolha e reutilização de roupa usada, mobiliário e brinquedos que serão alvo de triagem e arranjos, dando-lhes uma “segunda vida”. Campanha de Recolha de bens alimentares não perecíveis e distribuição dos mesmos pelas famílias mais necessitadas, sobretudo de imigrantes, a maioria com crianças pequenas, garantindo acesso a bens alimentares essenciais até se encontrarem em melhores condições económicas - iniciativa dinamizada por um grupo de voluntários, integrados no grupo sócio caritativo da Cáritas. (Mobiliários/Equipamentos de Costura e lavandaria: 2000 euros.)
Destinatários preferenciais
Idosos, Famílias, Migrantes, Pessoas com deficiência

5. Rede solidária de vizinhança “estamos juntos”

A constituir por um grupo de cidadãos voluntários articulados com e pelo centro de partilha, que sinalizam e encaminham para os serviços adequados cada situação ou dão diretamente respostas aos mais desfavorecidos e em situação de isolamento, nas necessidades mais imediatas e relevantes (roupas, comida). Intervirá também ao nível do apoio psicossocial, de estar, acompanhar, falar e visitar os que estão em isolamento. As pessoas com falta de mobilidade e transporte poderão recorrer a esta rede de forma gratuita para se deslocarem aos locais necessários. Aq Medicamentos\alimentos 2000 euros
Destinatários preferenciais
Idosos, Famílias, Migrantes, Pessoas com deficiência

6. Covid ao longe

Dinamizar campanhas de sensibilização e informação sobre as principais medidas de prevenção da Covid -19, complementado com a distribuição pelos Escuteiros, de um Kit de máscaras socias, álcool gel e um panfleto de medidas preventivas, a distribuir por cada habitante e com a devida explicação. O contacto casa a casa visa garantir a literacia sobre a Covid-19 e minorar a muita ansiedade, em que sobretudo os idosos vivem e responder às muitas dúvidas que subsistem. Materiais: 5000 euros; Folheto: 500 euros
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

7. Vacinas Salvam Vidas

Em parceria com o Centro de Saúde de Mira visamos lançar uma campanha de sensibilização da população, para os benefícios do cumprimento do Plano Nacional de Vacinação, com identificação de quem não está vacinado e a sensibilização e encaminhamento dos mesmos para a vacinação. Realização de Palestras sobre a matéria nas escolas, paróquia, distribuição de panfletos nas caixas de correio e cartazes em espaços comerciais. Comunicação: 500 euros
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

8. Caminhar juntos faz bem

Definição e marcação de um circuito pedestre para a realização de caminhadas diárias saudáveis (circuito a criar pelos caminhos agrícolas e florestais, com o apoio do Agrupamento de Escuteiros e da Junta de Freguesia) e organização de grupos de caminhada pela comunidade. Sinalética: 3000 euros
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

9. Pela sua saúde

Realização da “Semana da Saúde”, que inclui colóquios de sensibilização sobre as principais problemáticas da saúde (Covid-19, diabetes, doenças cardiovasculares, vacinação, alimentação, obesidade), integrando rastreios de glicémia, colesterol, visão, audição, IMC.Iniciativa a realizar anualmente, com o suporte de profissionais de saúde voluntários e em articulação com o Centro de Saúde de Mira. Resultará a sinalização para as entidades de saúde de situações de saúde desviantes e a construção de um plano de ação anual, promotor de estilos de vida saudável. Aluguer material logístico. 1000 euros
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

10. Seixo – anti stress

Realização de sessões de ginástica gratuitas para a população jovem e população de meia-idade, para os idosos, através da iniciativa “reciclar movimentos”. A prática destas actividades é efetuada de uma forma descontraída, com o intuito de manter a população interessada na execução dos respetivos exercícios, sendo as mesmas acompanhadas de música ambiente e de materiais diversos, mantendo um clima relaxado e de boa disposição. Aulas Monitor Desportivo: 1500 euros
Destinatários preferenciais
Idosos, Adultos (população em idade ativa), Migrantes

11. Novos Rumos

Divulgar e promover a integração de ativos sem qualificações e de idosos que ainda exercem atividade agrícola complementar à baixa reforma, em ações de formação profissional certificada, desenvolvidas pelo CEARTE, nas áreas de: COTS-Conduzir e Operar o Trator em Segurança; Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos; Segurança, Saúde e Higiene no trabalho, contribuindo para o exercício de atividade e condução de máquinas agrícolas e industriais com as certificações legais exigidas.Realização de ações de Português para Estrangeiros (sobretudo para os imigrantes locais) e para a população em geral.
Destinatários preferenciais
Idosos, Adultos (população em idade ativa), Migrantes

12. MUDE - Dias do Ambiente

Realização de ações de educação ambiental com o objetivo de levar o cidadão a agir, através da adoção na sua vida diária, de comportamentos ambientais adequados, sobretudo no eixo da reciclagem e da valorização dos Bio resíduos. Realização de uma iniciativa de plantação de árvores; Workshop de Compostagem Caseira;Distribuição gratuita de mini ecopontos como incentivo à separação de resíduos;Acção de voluntariado de limpeza da área envolvente do parque de merendas e espaços públicos da freguesia. Aquisição e Distribuição Ecopontos com suporte de regras explicativas+ animação workshops 4000€
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

13. Serviço de apoio ao migrante

Apoio ao migrante através da Criação de um Serviço de apoio - a funcionar 2 dia por semana na Casa comunitária, com a ajuda e encaminhamento Técnico, que, articulando com as entidades regionais e nacionais, apoiará e encaminhará para a regularização documental e, a nível local, para o arrendamento de casas, o emprego digno e com boas condições de trabalho, para a colocação dos filhos nos sistemas de ensino e para a integração nas diversas atividades sociais e comunitárias. RH: 7200 euros (esta pessoa, além da presença neste serviço, irá também coordenar todo o projeto)
Destinatários preferenciais
Migrantes

14. Campanha de Comunicação do SEIXO-Comunidade FIS

Ao longo do projeto desenvolver-se-á uma adequada estratégia de comunicação, clara e coerente, para o público-alvo, quer informando o conjunto das atividades, serviços, equipamentos e espaços disponibilizados na aldeia, quer de forte motivação de mudança de comportamentos nos eixos que apresentamos na candidatura. Serão desenvolvidos diversos flyers, cartazes, monofolhas, vídeos, acções na comunidade educativa, agrupamento de escuteiros, CERCIMira, centro de dia e lar de idosos. Será criado no site da ACR uma plataforma que divulgará e dinamizará todo o projecto. Custo: 2000 euros
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade