N. 751/2020

Tipo de projeto e valor máximo de financiamento

Projeto integrado (máximo 50.000 Euros)

Eixos de intervenção em que se enquadra o projeto

Financiamento

Valor solicitado

50.000,00 €

Valor de outros financiamentos

0,00 €

Valor total

50.000,00 €
Mapa de localização da candidatura

Mapa das candidaturas financiadas


Reflexo do nosso Bairro

O programa Bairros Saudáveis, enquanto projeto de melhoramento das condições de saúde e qualidade de vida em territórios vulneráveis, enquadra-se totalmente nas necessidades do Bairro dos Arneiros. A escolha deste local para a intervenção foi clara e imediata uma vez que é um bairro que se destaca em Caldas da Rainha pela severidade das problemáticas existentes. Dentre estas salientamos carências socioeconómicas, a grande taxa de desemprego, a prevalência de condições de vida e de saúde precárias, a deterioração de espaços comuns, dificuldades de socialização associadas a incompatibilidades criadas pela falta de competências sociais e divergência das diferentes etnias existentes, gerando discriminação e preconceito, e as falhas na educação para cidadania e resiliência individual. Assim, pretendemos através do melhoramento das condições de vida, saúde e bem-estar dos moradores, que este bairro multicultural se torne um exemplo de esperança e eficácia, inspirando projetos futuros.

Objetivos

Objetivo geral e justificação

Temos como principal objetivo a eliminação das barreiras sociais existentes, reeducando a população para o desenvolvimento de uma comunidade positiva, próxima e inclusiva, através do desenvolvimento de ações que visem o desenvolvimento pessoal e social, ações de promoção da saúde e da requalificação os espaços comuns, valorizando a sua sustentabilidade social e ambiental.

Objetivo específico 1 e justificação

Promoção de ações com vista à educação para a cidadania, autogestão, relações interpessoais, promoção do sentimento de pertença, criação de espírito de vizinhança e quebra de barreiras de comunicação. Este objetivo prende-se com as problemáticas associadas às divergências socioculturais existentes neste bairro, bem como as dificuldades de relacionamento interpessoal e a debilidade do sentido comunitário, originadas pela escassez de recursos educativos para o desenvolvimento de competências individuais e coletivas, relacionadas com a capacidade de resiliência, gestão de conflitos e sentido de cidadania. Pretende-se com isto, desenvolver atividades que contribuam para o processo de coesão social e que combata a discriminação étnica e a autoestigmatização.

Objetivo específico 2 e justificação

Melhorar as condições requalificando os espaços comuns. Pretendemos com este objetivo adaptar o espaço público à partilha entre moradores, tornando-o um espaço inclusivo, saudável e seguro. Neste momento é um espaço degradado, alvo de uso indevido e um dos focos de discórdia entre a população-alvo. Para tal, será indeclinável a intervenção para a extinção dos atos de vandalismo existentes, o extermínio de pragas de roedores e insetos, o melhoramento das condições de limpeza e tornar os espaços comuns facilitadores do convívio social.

Objetivo específico 3 e justificação

Aproximação da população-alvo aos espaços comuns e desenvolvimento do sentido de espaço comunitário e da necessidade da sua conservação, acabando com a falta de zelo do espaço exterior, observável através da quantidade de lixo depositado e do pouco cuidado e interesse demonstrado na preservação do mesmo. Este objetivo tem como meta a transformação deste espaço num meio de aproximação de pessoas e não de afastamento e divergência, como existe agora.

Objetivo específico 4 e justificação

Intervenção imediata nas problemática associadas a questões de saúde física e psicológica e necessidades básicas de vida, atuando também na diminuição/extinção das carências alimentares diagnosticadas. Com isto pretendemos diminuir a taxa de criminalidade e dependências, sensibilizar a população para as questões relacionadas com higiene pessoal e habitacional, um dos fatores mais fragilizados que observámos no levantamento de necessidades, aumentar os recursos existentes ao nível dos cuidados de saúde, nomeadamente a realização de rastreios de glicemia e tensão arterial, assegurar a o plano de vacinação, e ainda a sensibilizar para a prevenção do Covid-19, dado que estamos perante uma população maioritariamente com nível de risco elevado.

Objetivo específico 5 e justificação

Reeducar e gerar recursos para a procura ativa de trabalho, atuando assim para a diminuição da taxa de desemprego existente e consequentemente melhoria das condições de vida e de acesso a oportunidades para a população-alvo. Após o diagnóstico de necessidades, pudemos verificar a existência de algum absentismo escolar, défice de competências laborais, associados a um vazio ocupacional e ausência de projetos de vida, que abrange a maior parte da população-alvo e que por isso mesmo será um alvo imprescindível na intervenção que pretendemos levar a cabo.

Parceria local

Promotora

Associação Viagem de Volta

Parceira

Centro Humanitário Litoral Oeste Norte
União de Freguesias das Caldas da Rainha - Santo Onofre e Serra do Bouro
Câmara Municipal das Caldas da Rainha
Unidade de Saúde Pública Zé Povinho - ACeS Oeste Norte

Território(s) de intervenção

1. Bairro dos Arneiros

Caldas da Rainha - Santo Onofre e Serra do Bouro, Caldas Da Rainha
Critério 1. Condições de habitabilidade deficientes ou precárias, nomeadamente:
Mau estado das habitações, por deficiente construção, falta de manutenção ou por estarem situadas em territórios afetados por incêndios nos últimos cinco anos
Desadequação severa dos espaços comuns
Critério 2. Número significativo de moradores com rendimentos baixos ou muito baixos, nomeadamente:
Pessoas em situação de desemprego, lay-off ou precariedade laboral
Pessoas com poucos anos de escolaridade
Pessoas abrangidas por prestações e apoios do subsistema público da ação social
Critério 3. COVID-19
Número significativo de pessoas de risco em caso de COVID-19, nomeadamente idosos e portadores de doenças crónicas
Critério 6. Número significativo de crianças e jovens em idade escolar a não frequentar a escola ou com elevada percentagem de insucesso, nomeadamente por:
Falta de condições para aceder ao ensino a distância

Atividades

1. O meu Bairro

Com o intuito de promover a aproximação dos moradores ao projeto, surge a ideia de uma reportagem fotográfica aos espaços comuns, recorrendo à fotografia como instrumento de comunicação e expressão, através do método Photovoice - uma técnica fotográfica em que os participantes capturam as suas realidades quotidianas. O objetivo deste método é dar voz à experiência individual/coletiva dos moradores, com a sua participação ativa. A ação contempla dois momentos distintos em que os participantes captam imagens da realidade do seu bairro, antes e depois da intervenção do Projeto Bairros Saudáveis.
Destinatários preferenciais
Crianças, Jovens, Idosos, Adultos (população em idade ativa)

2. Criar raízes

Consideramos que o desenvolvimento de um sentimento de pertença e de apego, por parte dos moradores, em relação ao espaço comunitário alvo de intervenção é fundamental para o desenvolvimento do sentido de responsabilidade coletiva. Assim, a ação Criar Raízes surge como impulsionadora destas mesmas dimensões, através da integração dos moradores na requalificação dos espaços verdes envolva, sugerindo-lhes que ele próprios participem na plantação de uma árvore/arbusto/flor à sua escolha.
Destinatários preferenciais
Crianças, Jovens, Idosos, Adultos (população em idade ativa)

3. Cultura em Movimento

Esta ação tem como objetivo a proteção e valorização da diversidade étnica, cultural e religiosa, através da aproximação das culturas, reconciliando-as e diminuindo a incompatibilização existente. Será desenvolvida em conjunto com os moradores, integrando-os na sua realização. Todos poderão sugerir ideias de práticas características da sua cultura e utilizar esta ação para as dinamizar, com a nossa ajuda, junto dos restantes moradores. O objetivo é que todas as etnias representadas possam contribuir para a diminuição das diferenças.
Destinatários preferenciais
Crianças, Jovens, Idosos, Adultos (população em idade ativa)

4. História do nosso Bairro

Contar história é algo intrínseco ao ser humano. Quando falamos da nossa história, falamos de quem somos, da marca que deixamos e que outras pessoas deixaram para nós, sendo algo fundamental para a construção da nossa identidade. Assim, consideramos imprescindível a incorporação de uma ação, relacionada com a história do bairro, começando pelos moradores mais antigos. O objetivo será que a narrativa construída por eles resulte num livro, que se constituirá num dos símbolos desta intervenção.
Destinatários preferenciais
Idosos, Adultos (população em idade ativa)

5. Desenvolvimento Pessoal e Social

Através de um diagnóstico de necessidades da população alvo, considerámos essencial promover ações de desenvolvimento pessoal e social, visando a promoção de mudanças sociais, necessárias para a otimização do âmbito social da comunidade. As problemáticas associadas a carências socioeconómicas, às fracas competências na resolução de problemas e gestão de conflitos (p.e. incompatibilidade das diferentes etnias existentes no Bairro), fundamenta a implementação de intervenções relacionadas com a educação para a cidadania, autogestão, relações interpessoais e promoção do sentimento de pertença.
Destinatários preferenciais
Jovens, Idosos, Adultos (população em idade ativa)

6. Lançamento do livro "Histórias do Nosso Bairro"

Após a conclusão do livro Histórias do Nosso Bairro, pretendemos realizar uma festa de lançamento, que se concretizará num dos espaços comuns requalificados. Consideramos esta ação fundamental para a promoção do sentimento de pertença e de envolvimento com todas as fases do projeto, fomentando a participação social e cívica dos moradores e toda a comunidade envolvente.
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

7. Exposição – Projeto O Meu Bairro

No final do projeto, pretende-se, através de uma exposição fotográfica, dar a conhecer às outras pessoas do concelho e a agentes influentes da comunidade caldense, os resultados da ação Projeto O Meu Bairro. Esta exposição terá lugar no Céu de Vidro, no Parque D.Carlos I, nas Caldas da Rainha. Pretendemos que o sítio da exposição seja fora da zona de intervenção, com o propósito de chegar a mais pessoas da comunidade caldense, abrindo assim as portas do bairro, e levando os moradores do bairro para perto da restante comunidade do concelho, gerando com isto movimentos de interação na população.
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

8. Cabaz do Bairro

Um dos fatores verificados como prioritário na intervenção no âmbito da saúde e do melhoramento das condições de vida dos moradores, prende-se com a necessidade de melhorar o suporte e acesso ao apoio alimentar aos que manifestam carências socioeconómicas e que fragilizam o orçamento familiar, condicionando a capacidade de acesso a bens essenciais como a alimentação. Esta atividade será desenvolvida com o apoio da delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Caldas da Rainha, através da entrega de cabazes alimentares que permitam as famílias terem acesso a alimentos essenciais.
Destinatários preferenciais
Crianças, Jovens, Idosos, Adultos (população em idade ativa)

9. Sensibilização e Promoção da Saúde

Através de um diagnóstico de necessidades da população alvo, considerámos essencial promover ações que contemplem a prevenção contra a Covid-19, visando a sensibilização dos moradores, enquanto população de risco. Para além destas, objetivamos realizar outras relacionadas com a higiene pessoal e habitacional, um dos fatores observados mais fragilizados. Com o intuito de aumentar os recursos existentes ao nível dos cuidados de saúde, pretendemos realizar rastreios de glicemia e tensão arterial e sensibilizar para a necessidade de manter o plano de vacinação atualizado.
Destinatários preferenciais
Crianças, Jovens, Idosos, Adultos (população em idade ativa)

10. Prevenção da Saúde Mental

Prevemos ao longo do projeto o encaminhamento de casos para acompanhamento psicológico, sempre que se verificarem problemáticas associadas a dificuldades intra e interpessoais, associadas a uma destruturação psicológica, promovendo assim a saúde mental.
Destinatários preferenciais
Crianças, Jovens, Idosos, Adultos (população em idade ativa)

11. Vida Ativa

Pretendemos com esta ação apoiar e dar suporte ao planeamento e organização de projetos de vida, ao desenvolvimento de competências relacionadas com a formação e a profissão e técnicas da procura ativa de trabalho, facilitando assim os processos de inserção profissional.
Destinatários preferenciais
Jovens, Adultos (população em idade ativa)

12. Requalificação dos Espaços Comuns

Este bairro é composto por diversos blocos habitacionais que têm como partilha comum o espaço público no interior dos lotes. A utilização indevida e não concertadas entre moradores, é um dos focos de discórdia no bairro, o que nos levou a verificar com todos a opinião sobre quais as mais-valias deste espaço. Verificámos que a área verde envolvente é praticamente inexistente, não existindo mobiliário urbano ou equipamentos que possam ser partilhados entre todos. O projeto tem assim como prioridade adaptar este espaço à utilização de todos, tornando-o inclusivo e ambientalmente sustentável.
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

13. Inauguração do Espaço Requalificado

Pretendemos que no final do projeto, seja realizada uma festa com todos os moradores e aberta à comunidade caldense, através de um almoço de convívio. Esta será uma festa de inauguração dos espaços requalificados e que fomentará o sentido de responsabilidade dos moradores para a conversação dos mesmos. Haverá ainda momentos para partilhas culturais das diversas etnias, decorrentes da ação Cultura em Movimento, onde todos terão a oportunidade de usufruir dos frutos decorrentes da mesma.
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

14. Bairr'Arte

Com esta proposta de intervenção queremos que todos sintam que fazem parte deste projeto de reabilitação, ambicionando que o bairro tenha um papel importante na sua comunidade e na comunidade envolta. Esta consiste na criação de 2 obras originais de arte urbana nos prédios do Bairro. Uma das obras irá estar ‘virada para dentro’ do bairro e a outra ‘virada para fora’ do bairro, de modo a fazer a ligação entre o bairro e a comunidade que lá habita. A arte tem-se revelado um instrumento de aproximação das comunidades, transformando zonas esquecidas em galerias de arte ao ar livre para todos.
Destinatários preferenciais
Toda a comunidade

15. O Desporto Vai ao Bairro

Esta ação surge no seguimento da necessidade da promoção da saúde física dos moradores, nomeadamente da população sénior. Pretende-se, para além do envolvimento social e das relações grupais, a melhoria na aptidão física geral a vários níveis, como a força, a resistência cardiovascular e muscular, equilíbrio, flexibilidade. Insere-se num programa municipal que visa prevenir a doença e promover a saúde da população sénior, através da prática regular de exercício físico, num clima envolvente agradável, fomentando o bem-estar mental através da forte vertente social que o desporto promove.
Destinatários preferenciais
Idosos