Cultura

Projetos na área da Cultura

Os projetos do Programa Bairros Saudáveis podem organizar-se em vários eixos temáticos, entre os quais o eixo social, que pode incluir iniciativas de apoio social, atividades culturais ou desportivas ou acções de desenvolvimento da cidadania. Nesta secção, serão apresentadas notícias dos projetos que envolvem atividades na área da cultura.

Veja todos os projetos que envolvem o eixo social AQUI.

Ambiente

Projetos na área do Ambiente

Os projetos do Programa Bairros Saudáveis podem organizar-se em vários eixos temáticos, entre os quais o eixo ambiental, que pode incluir iniciativas em espaço rural ou urbano que procurem defender e valorizar o ambiente e proteger o planeta. Nesta secção, serão apresentadas notícias dos projetos que envolvem atividades na área do ambiente.

Veja o que vai fazer o projeto 510 - Benfeitas: BenViver, BenEnvelhecer na Aldeia de Benfeitas, em Oliveira de Frades.

Veja todos os projetos que envolvem o eixo ambiental AQUI.

Apoio Social

Projetos de Apoio Social

Os projetos do Programa Bairros Saudáveis podem organizar-se em vários eixos temáticos, entre os quais o eixo social, que pode incluir iniciativas de apoio social, atividades culturais ou desportivas ou acções de desenvolvimento da cidadania. Nesta secção, serão apresentadas notícias dos projetos que envolvem atividades na área do apoio social.

Veja todos os projetos que envolvem o eixo social AQUI.

Economia

Projetos na área da Economia

Os projetos do Programa Bairros Saudáveis podem organizar-se em vários eixos temáticos, entre os quais o eixo económico, que pode incluir, por exemplo, criação de emprego ou iniciatiavas de economia circular. Nesta secção, serão apresentadas notícias dos projetos que envolvem atividades na área da economia.

Veja todos os projetos que envolvem o eixo da economia AQUI.

Reabilitação Urbana

Projetos de Reabilitação Urbana

Os projetos do Programa Bairros Saudáveis podem organizar-se em vários eixos temáticos, entre os quais o eixo urbanístico, que inclui intervenções em espaço público e acções de reabilitação urbana. Na secção "Reabilitação urbana", apresentamos notícias dos projetos que envolvem atividades de reabilitação urbana de habitações ou equipamentos colectivos.

Consulte todos os projetos que envolvem o eixo urbanístico AQUI.

Espaço Público

Projetos no Espaço Público

Os projetos do Programa Bairros Saudáveis podem organizar-se em vários eixos temáticos, entre os quais o eixo urbanístico, que inclui intervenções em espaço público e acções de reabilitação urbana de habitações ou equipamentos. Na secção "Espaço público", apresentamos notícias dos projetos que envolvem atividades de intervenção em espaço público.

Veja o que vai fazer o projeto 233 - O Bairro está IN(clusivo) no bairromunicipal da Cruz de Pau, em Matosinhos.

Consulte todos os projetos que envolvem o eixo urbanístico AQUI.

Saúde

Projetos na área da Saúde

Os projetos do Programa Bairros Saudáveis podem organizar-se em vários eixos temáticos, entre os quais o eixo da saúde. Nesta secção, serão apresentadas notícias dos projetos que envolvem atividades na área da saúde.

Veja todos os projetos que envolvem o eixo da saúde AQUI.

Programa

Programa Bairros Saudáveis chega a 596 freguesias do país

As candidaturas ao Programa Bairros Saudáveis provêm de territórios localizados em 596 freguesias, o que representa 21% de todas as freguesias do continente, explicou Helena Roseta ontem, em conferência de imprensa promovida pela equipa de coordenação nacional do Programa. O programa, que surgiu no contexto da pandemia da covid-19, deu conta que o concurso registou 774 candidaturas de projetos, contabilizando 30,4 milhões de euros, o triplo da dotação disponível (10 milhões). O mapa em cima assinala as freguesias onde foram apresentadas candidaturas, bem como os limites das cinco áreas regionais do Programa.

Programa

Programa Bairros Saudáveis conta com 465 candidaturas abertas

O Programa Bairros Saudáveis conta atualmente com 1.169 entidades de todo o território nacional registadas na plataforma e 465 candidaturas abertas, foi hoje anunciado. O anúncio foi feito pela coordenadora nacional do programa, Helena Roseta, na cerimónia de assinatura de um protocolo de colaboração entre o Programa Bairros Saudáveis e a Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública (ANMSP), que decorreu 'online' devido à pandemia de covid-19.

Programa

Programa Bairros Saudáveis abre candidaturas na próxima quinta-feira, dia 29 de outubro, até 26 de novembro

O concurso para apresentação de projetos no âmbito do Programa Bairros Saudáveis vai abrir na quinta-feira e decorrer até 26 de novembro, em formulário acessível através deste 'site', dispondo de 10 milhões de euros, avançou hoje a coordenadora, Helena Roseta. A abertura do concurso para apresentação de projetos estava dependente da autorização da despesa, com uma resolução do Conselho de Ministros que foi hoje publicada no Diário da República, determinando que os encargos orçamentais do Programa Bairros Saudáveis, “até ao valor de 10 milhões de euros”, não podem exceder 1,5 milhões de euros este ano e 8,5 milhões de euros em 2021.

Evolução de territórios assinalados pelos cidadãos nos dias 15, 25 e 27 de setembro

Programa

Programa Bairros Saudáveis estendeu-se por todo o país

Nas quase três semanas em que esteve em consulta pública o projecto de regulamento do programa Bairros Saudáveis - com que o Governo mandatou uma equipa multidisciplinar coordenada por Helena Roseta para resolver problemas urgentes das comunidades, destapados pela pandemia de covid-19 - deram entrada 750 contributos e foram identificados 820 territórios com potencial de intervenção em 140 concelhos de todo o continente - as regiões autónomas estão excluídas do programa.

Programa dirige-se a territórios vulneráveis

Programa

Programa Bairros Saudáveis prevê "pelo menos 200 projetos aprovados"

O Programa Bairros Saudáveis vai dispor de um 'site' para abrir a consulta pública e vai fazer sessões de capacitação em setembro, para abrir o processo de apresentação de candidaturas em outubro, segundo informou à Lusa a coordenadora do programa, Helena Roseta, apontando como objectivo ter "pelo menos 200 projetos aprovados".